terça-feira, 5 de abril de 2011

Molduras boas.

não salvam quadros ruins..." Vivemos numa época de muitos amores e de pouco amor. De muita superficialidade e pouca riqueza interior. Tenho ânsia de vômito quando vejo alguém fazer o mesmo que os outros e não o que deseja, por pura conveniência. Alguns não percebem mas são todos iguais, usam a mesma roupa e se acham `os legais´. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem saber ver. Aprende que se o interior não presta, não adianta tentar disfarçar por fora. 

4 comentários:

Dimas Bertolucci disse...

Muito legal.
Parabéns pelo blog


htpp://villacosmetica.blogspot.com

Habib Sarquis disse...

Tá ai gostei e concordo com você.

http://boomnaweb.blogspot.com/

José Batista disse...

Oi Vitoria,
gostei muito do seu espaço e das coisas que vc escreve nele.
Se vc nao se importar, vou seguir vc.
Bjs.

Emilio Konrath - Catamaram Mås disse...

Me impressionou!
Parabéns pelo seu blog, escreve coisas sérias e se deixa conhecer.